Marcas mudam de nomes de acordo com a região

Hungry_Jacks

Marcas mundiais precisam se adaptar aos locais em que se instalam. Diferentes culturas e perfis do público exigem a capacidade da marca de modificar alguns elementos para ter sucesso naquele país ou continente. Campanhas publicitárias com uma linguagem local, identidade visual e ações que conversem com determinada cultura são comuns, mas existem alguns casos em que se faz necessário mudar nada mais, nada menos que o nome da marca.

Confira alguns exemplos:

As famosas batatas Lays no México levam o nome de “Sabritas”. Em Israel, o mesmo petisco é “Tapuchips”.

sabritas

Em alguns países, você for a uma farmácia ou supermercado e procurar por um “Axe” pode encontrar qualquer coisa, menos o desodorante que conhecemos aqui no Brasil. Na Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia e Irlanda a marca ganha o nome de “Lynx”.

lynx

“Hungry Jacks” é como se chamam as franquias da rede de fast food Burger King na Austrália.

Hungry_Jacks

Em Quebec, no Canadá, uma lei local define que marcas e estabelecimentos devem utilizar termos em francês em seus nomes. Por lá, o  Kentucky Fried Chicken, o famoso KFC, leva o nome de  Poulet Frit Kentucky (Poulet significa “frango” em francês).

KFCCanadá(2)

Fonte: AdNews