latam-logotipo

A Latam Airlines, holding das empresas LAN e TAM, vai adotar a marca “Latam” a partir do próximo ano. De acordo com a empresa, o processo de mudança de identidade visual levará três anos e custará entre US$ 30 e US$ 40 milhões, o que não inclui comunicação. O trabalho de unificação de marcas está sendo desenvolvido com a Interbrand desde o primeiro trimestre do ano passado.

Segundo Jerome Cadier, vice-presidente de marketing do Grupo Latam Airlines, a decisão não foi fácil em função do legado e forças das duas marcas. A LAN tem 80 anos e a TAM, 40 anos. Cadier explica que, até o ano que vem, não haverá uma campanha específica para anunciar a nova marca. “Isso só acontecerá quando tivermos o novo logo nas aeronaves”, diz o executivo. O próximo passo é iniciar a mudança de identidade visual no operacional, o que inclui pontos de contato e aeronaves. A pintura de aeronaves é o que mais vai gerar custos.

Tem mais :)

imagem-táxi_banco-de-imagem

A Easy Taxi lançou uma versão do aplicativo para pedir táxis ligado a solução de e-mail do Office 365, o Outlook.

A empresa elaborou o recurso que tem as mesmas propriedades do Web App, porém nesta versão os usuários receberão notificação da Easy Taxi dentro do próprio e-mail e poderão chamar um carro com um clique, sem a necessidade de abrir outro programa ou pegar o celular para usar o app móvel.

Caso o usuário queira agendar um táxi, basta programar uma notificação que será enviada dentro do e-mail. “Queremos dar cada vez mais comodidade e praticidade ao usuário”, diz Dennis Wang, Co-CEO Global da Easy Taxi. “Durante o expediente, o Outlook já notifica e lembra a pessoa de uma reunião, agora, no próprio compromisso do calendário, ela já pode chamar um táxi.”, explica.

A solução da Easy Taxi é sincronizada com o calendário de compromissos do Outlook.

Primeira empresa brasileira a desenvolver um app para o Outlook, a Easy Taxi disponibilizará a solução para todos os 30 países em que atua. O App funciona no Outlook 2013 ou versões mais recentes e no Outlook Online.

Fonte: AdNews

instagram

Após a limpeza nos perfis falsos ou inativos realizada pelo Facebook em 2014, a média de novos fãs na rede social voltou a subir no segundo trimestre desse ano. Os dados são do #MS360FAAP, relatório que acompanha o desempenho das 100 principais marcas brasileiras nas redes sociais, desenvolvido pelo Núcleo de Inovação de Mídia Digital (NIMD) da instituição, em parceria com a Sociabakers. O segmento “Bens de Consumo” havia perdido, em média, 172 fãs entre janeiro e março. Já entre abril e junho, a média foi de ganho de 47.812 novos fãs.

Ainda sobre o Facebook, o nível de interatividade também apresentou crescimento, sendo que “Mídia/Notícias” foi o grande destaque. “Saímos de uma média de aproximadamente 1,5 milhão de interações nesse segmento no início do ano para mais de 12 milhões neste último trimestre”, comenta o professor Thiago Costa, um dos responsáveis pelo #MS360FAAP.

O Instagram foi a rede que apresentou maior crescimento. As marcas no ano passado possuíam 24.953 seguidores, em média, no segundo trimestre. No mesmo período deste ano foi identificada uma média de 84.573 seguidores. No ano passado, os perfis cresciam uma média de 5.265, enquanto neste ano, cresceram 20.681 em média.

Apesar dos vídeos estarem ganhando cada vez mais espaço no dia a dia das pessoas, os números mostram que houve pouco crescimento do número de assinantes médio dos canais dessas 100 marcas analisadas. Em 2014, havia 12.209 assinantes em média nos canais, neste ano o número cresceu para 16.876.

O infográfico com os dados completos do relatório está disponível aqui.

Via Meio e Mensagem